Conhecendo – Roma e Vaticano

A primeira vez que viemos pra Europa fomos para Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Holanda e Alemanha. Falando assim até parece que passamos seis meses aqui né, mas que nada. Na verdade quisemos aproveitar a oportunidade pra fazer bastante coisa, mas acabamos visitando praticamente uma cidade em cada país e foi a maior correria. Foi ótimo, mas não recomendo pra ninguém.

Quando decidimos morar em Londres uma das coisas que combinamos é que iríamos viajar sempre que desse. Como aqui na Europa tudo é muito perto e as passagens super acessíveis, fica fácil pegar um final de semana e ir conhecer outro país. Difícil é escolher por onde começar.

Como naquela viagem não fomos para Itália decidimos então começar por lá. E depois de muita pesquisa e sugestões unanimes resolvemos ir para Roma. E ficamos bem felizes com a escolha.

Passamos um final de semana, e achei que foi suficiente. Chegamos sexta de manhã e fomos embora domingo no final da tarde, assim tivemos os três dias inteiros para aproveitar.

Copy of IMG_1646

E Roma realmente é encantadora. Fiquei muito impressionada com como o passado da cidade permanece tão vivo em todos os lugares que a gente passa.

Começamos o passeio pelo Coliseu, uma das “7 maravilhas do mundo moderno” e que faz jus ao título. Eu poderia ficar horas ali olhando aquela arquitetura, ou o que restou dela, e que na verdade é o que torna incrível aquele lugar cheio de história. Ficamos um bom tempo lá, mas pra olhar tudo, subir e descer todas as escadarias demoraria bem mais. É bom preparar as pernas.

IMG_20150228_143051

IMG_1651

 IMG_20150228_141050

Outro local que me encantou (que não estava no roteiro mas nos foi sugerido durante a viagem) foi a Terme di Caracalla, lugar onde romanos de todas as classes sociais se banhavam. Hoje, além de ser um ponto turístico, o local também serve de cenário para grandes concertos, como os da Companhia de Opera de Roma e dos Três Tenores. Super indico a ida até lá e, depois de conhecer por dentro, dar uma pausa nesse jardim e curtir essa paisagem maravilhosa.

IMG_1724

IMG_1706

IMG_1713

As praças e fontes de Roma também são super famosas e charmosas. Começamos pela Piazza Navona, uma praça cheia de fontes e que reúne muitos artistas de rua. Em volta da praça há vários restaurantes e cafés com mesinhas ao ar livre.

IMG_20150301_155352

IMG_20150301_160332

IMG_20150301_155832

A Piazza de Spagna é uma das praças mais famosas de Roma. Lá está a escadaria, inaugurada em 1725 pelo Papa Bento XIII, que leva até a Igreja de Trinità dei Monti. Muitos turistas aproveitam a escadaria para fazer uma pausa para descansar e comer algo por ali mesmo.

IMG_20150301_165400

Eu estava super ansiosa pra chegar na Fontana de Trevi, jogar minha moedinha e fazer um pedido rs, mas infelizmente nos deparamos com a fonte em obra. A Fontana de Trevi é a maior e mais famosa fonte de Roma e com essa obra passa pela mudança mais drástica em seus 252 anos. Depois de 8 meses do início das obras, hoje já é possível ver novamente a estátua do Deus Netuno. Também foi construída uma passarela para que os turistas possam chegar mais perto do monumento. Claro que não é a mesma coisa, afinal nem água tinha, e fonte sem água não é fonte rs, mas valeu.

IMG_20150302_162459

Depois fomos ao Panteão, outro lugar incrível, e o único construído na época greco-romana que ainda se encontra em perfeito estado. Desde 609 o Panteão foi consagrado como igreja cristã.

IMG_20150228_155049

IMG_20150228_154242

Na Piazza Venezia está o Altare della Patria, monumento dedicado a Vittorio Emanuele II, primeiro rei da Itália unificada. Dentro do monumento está o Museu da Unificação italiana. De lá é possível ter uma vista 360º de Roma, através de um elevador panorâmico que leva até o teto do museu. Em frente ao monumento, do outro lado da Piazza Venezia tem vários cafés e aproveitamos um dia para tomar nosso café da manhã por lá.

IMG_1666

IMG_1693

E por falar em comida, na Itália se come muito e bem e como eu amo massa sabia que seria uma perdição total. E foi, no almoço era massa e a noite pizza. E claro, entre uma coisa e outra um belo gelato. Eu gostei de todos os lugares onde comemos mas meus preferidos foram: o gelato da Gelato, que fica na Via del Lavatore bem próxima a Fontana de Trevi, e a pizza do Restaurante Alessio. Depois de tanto tempo poder matar a vontade de comer uma pizza de quatro queijos, na Itália, foi (desculpem o trocadilho) dos deuses rs. Aqui em Londres pizza de quatro queijos não é comum, e as que existem não são nem parecidas com as do Brasil.

IMG_1677

IMG_1679

Nossa última parada foi no Vaticano. Como é um passeio demorado reservamos um dia inteiro para essa visita, que é o mais indicado. Normalmente nós não fazemos passeios com guia, mas nesse optamos por usar o serviço. Nas ruas ao redor do Vaticano ficam várias pessoas de agências que oferecem a visita guiada abordando os turistas. No começo a gente fica com um pouco de receio mas eu achei que valeu muito a pena. Além de ter um guia explicando tudo no seu idioma, a visita guiada te dá o privilégio de não precisar enfrentar filas para entrar em nenhum lugar. Isso poupa bastante tempo porque as filas são quilométricas. Eu achei ótimo e super indico.

E o que falar do Vaticano?! O fato de ser um outro país, independente de Roma, com seus pouco mais de 800 habitantes, pra mim já é surpreendente.

IMG_1802

A visita começa nos Museus Vaticanos, que abrigam as mais valiosas coleções de arte e antiguidades colecionadas ao longo dos séculos pelos pontífices romanos. A cada nova sala que entrávamos víamos algo mais impressionante, seja pela grandeza, pela riqueza de detalhes ou pela história que carrega. Como vocês podem imaginar, em todas as salas tem sempre muita gente, então, não tenha pressa.

IMG_20150302_130537

IMG_20150302_131138

IMG_1757

IMG_1778

Dentro do Museu você tem dois roteiros como opção, um mais curto, que foi o que nós fizemos e outro mais longo. Provavelmente você vai demorar mais que o dobro do tempo para fazer o roteiro completo, mas dependendo do seu interesse com certeza vale a pena. O final dos dois roteiros será na Capela Sistina, o local mais esperado da visita.

O final do passeio é na Basílica de São Pedro, o maior e mais importante edifício religioso do catolicismo. A Basílica é um dos monumentos mais visitados do mundo. Lá você também ficará algum tempo admirando cada detalhe daquela arquitetura incrível.

IMG_20150302_144228

IMG_20150302_144822

IMG_20150302_142921

Saindo da Basílica estamos na Praça São Pedro, local onde o Papa celebra a Missa Pontifícia. A entrada na Basílica e na Praça São Pedro são gratuitas e se você puder se programar pra fazer essa visita em um domingo terá o privilégio de ver o Papa, já que é nesse dia que ele faz uma rápida aparição em uma das janelas dos aposentos papais. Infelizmente nós perdemos essa oportunidade pois não sabíamos disso e fomos em uma segunda-feira.

Ficamos bem felizes com a nossa escolha, a viagem foi maravilha. Espero que vocês tenham gostado do meu relato dessa viagem e, caso tenham alguma dica pra quem está planejando ir pra Roma, deixe nos comentários.

Beijos.